[Resenha] A Seleção - Kiera Cass (A Seleção #01)

11:57

Kiera Cass
Tradução: Cristian Clemente.
Páginas: 368.
Editora: Seguinte.


          Para 35 garotas, a Seleção é a chance de uma vida. É a oportunidade de ser alcançada a um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dua ser rainha. Para America Singer, no entanto, estar entre as selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás o rapaz que ama, abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer e viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que nunca tinha ousado imaginar.

Não queria ser da realeza.
Não queria se Um.
Não queria nem tentar. 
           O mundo mudou, depois da quarta Guerra Mundial um novo país nasceu: Illéa, liderada por uma governo monarca. A sociedade também não é mais a mesma: ela foi dividida em castas numeradas de um à oito, sendo a um a nobreza e a oito o nível mais baixo que alguém poderia chegar.
          O Príncipe Maxon Schreave chegou a idade de 19 anos, isso significa que ele terá que escolher uma esposa. Para essa "escolha" serão selecionadas aleatoriamente 35 garotas, filhas de Illéa entre dezessete e vinte anos, para que uma delas se case com o príncipe e futuramente se torne uma rainha.
          America Singer é uma garota da casta cinco, uma artista, e está vivendo um romance escondido com seu amado Aspen, que é da casta seis - inferior a sua, sendo assim proibido por lei. Quando a Seleção é anunciada a mãe de America insiste para que ela se escreva apenas pela chance que eles teriam de melhorar de vida. Então, mesmo contra sua vontade, América se inscreve para A Seleção certa de que nunca seria escolhida. Como ela estava errada.
          Após saber que America havia sido selecionada Aspen decide terminar o romance para que ela pelo menos tentasse sua chance de ganhar o coração do príncipe e ter uma vida que ele mesmo nunca poderia dar a ela e America vai para o palácio, sem a menor vontade de competir pelo coração do príncipe. O que ela esperava era um rapaz arrogante e mimado, por ter sido criado como "um", mas se surpreende ao encontrar um príncipe educado, gentil e engraçado e então firma um acordo com ele: ela irá ajudá-lo a encontrar a garota certa para ser sua rainha, desde que ele a mantenha ali pelo tempo que for possível.

          A Seleção é uma distopia para garotas, embora todos os garotos que conheço que leram também adoraram. É certamente um livro que você vai ansiar pela continuação, tão fofo e, mesmo com toda a realeza e ar de contos de fadas envolvido, não perde tanto da realidade quando eu esperava.
          America é uma personagem ao mesmo tempo forte e feminina, com seus adoráveis cabelos ruivos e olhos azuis, que reconhece os problemas que existem a sua volta e não tem medo de tomar atitudes para defender suas ideais do certo e errado, mas que ainda tem bastante coisa para evoluir e aprender. Vai ser adorável acompanhar seu desenvolvimento nos próximos livros.
          E Maxon, o nosso precioso príncipe, é a fofura número 1 deste livro. A chegada das 35 garotas no palácio mudou completamente sua rotina e vai fazê-lo aprender sobre o amor, mas sem esquecer de seus deveres como príncipe e futuro rei.

Pontuação
Favoritado ♥ Recomendo
 

You Might Also Like

0 comentários

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tempestades de Oklahoma

As tempestades a agitavam por dentro, despejavam a energia ao redor e a levavam com elas em um turbilhão de fúria e paixão.
- Nothing Personal (Jaci Burton)

Acessos

Subscribe